Inscrições para oficinas, workshop e masterclass da 11ª Mostra CineBH

Ao todo são cinco oficinas, uma masterclass e um workshop internacional, com oferta de 230 vagas para capacitação de jovens e profissionais para o mercado audiovisual; inscrições podem ser feitas gratuitamente pelo site até o dia 10 de agosto. Ao todo são cinco oficinas, uma masterclass e um workshop, com oferta de 230 vagas para capacitação de jovens e profissionais para o mercado audiovisual; inscrições podem ser feitas gratuitamente pelo site até o dia 10 de agosto

Estão abertas as inscrições para os interessados em participar das oficinas, workshop e masterclass  oferecidas durante a 11ª CineBH -  Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, que acontece entre os dias 22 e 27 de agosto. O evento oferece um amplo programa de capacitação e formação para profissionais do setor, da educação, jovens e interessados em geral. São sete modalidades ao todo, sendo cinco oficinas, um workshop internacional de cinema documentário e uma masterclass com o cineasta, ator e crítico francês Pierre Léon. No total, serão oferecidas 230 vagas. As oficinas acontecem entre os dias 23 a 27 de agosto, nas dependências do Sesi Museu de Artes e Ofícios (Praça da Estação) e na Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes - Av. Afonso Pena 1537 – Centro), em Belo Horizonte. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 10 de agosto, aqui.

 Pierre Léon será um dos destaques do programa de capacitação. Com quase três décadas de trabalho no setor audiovisual, ele realizou curtas, médias e longas-metragens. Cineasta de produções modestas e ideias vigorosas, seus filmes carregam traços e elementos comuns no repertório do cinema moderno francês, principalmente no gosto pelo romanesco (sua forma, sua perspectiva moral) e na consciência moderna que marca o estilo e dramaturgia. A literatura russa em especial está presente nas suas aproximações de Dostoievski: L’Adolescent (2000), Octobre (2006), L’idiot (2009) e Deux Rémi, Deux (2015), que é adaptação de O Duplo. A masterclass com Pierre Léon que será ministrada no dia 23 de agosto.

 A oficina Cinema Queer – Os Gestos da Direção, o Gatilho da Criação, de Marcelo Caetano, discutirá, no dia 23 de agosto, o fazer cinematográfico a partir da relação entre escolhas de roteiro e mise-en-scène com textos teóricos e literários como gatilhos para a criação. Em “Bailão”, a escolha pela privacidade de um grupo de homossexuais da terceira idade quase levou inviabilidade do documentário. Quais foram as estratégias para filmar corpos que não buscavam a visibilidade? Em “Na sua companhia” as diferenças sociais, etárias, raciais entre um professor e um cozinheiro geraram uma fissura no modo de representar o desejo dentro do prisma das relações de poder no Brasil. Já em “Corpo Elétrico”, o encontro com um poema de Walt Whitman levou o diretor a questionar as estruturas narrativas tradicionais, levando à pergunta: é possível falar de uma temporalidade queer?

 Wladimir Winter ministrará a oficina Conteúdo Audiovisual e Oportunidade de Negócios, a qual será apresentado o panorama geral de como a indústria do entretenimento (cinema, séries) está mudando e junto com ela a nova forma de fazer publicidade através de conteúdo. Já o instrutor Di Moretti ministrará o curso Da Faísca e uma ideia o Roteiro Cinematográfico, englobando temas específicos que descrevem a confecção de um roteiro cinematográfico. As duas serão realizadas nos dias 23, 24 e 25 de agosto.

 Com o objetivo de desenvolver análise crítica e estética de filmes brasileiros contemporâneos, o professor e crítico de cinema, Cleber Eduardo ministrará a oficina Análise de Estilos Cinematográficos, entre os dias 25 e 27 de agosto. O objetivo da atividade é desenvolver a análise crítica e estética de filmes brasileiros contemporâneos e selecionar os cinco integrantes do Júri Jovem, que elegerá o melhor longa da Mostra Olhos Livres, na Mostra de Cinema de Tiradentes 2018.

 Já nos dias 26 e 27 de agosto, a instrutora Ana Lúcia de Faria e Azevedo ministrará a oficina Cineclubes nas Escolas: Experiências e Possibilidades, que pretende apresentar e discutir as várias possibilidades e os desafios dos cineclubes escolares, expondo e analisando projetos já existentes e imaginando propostas a serem criadas e implementadas. O debate será a partir de um breve histórico da exibição de filmes no ambiente escolar e da discussão dos aspectos essenciais para a organização de atividades cineclubistas nesse contexto.

OFICINAS 

ANÁLISE DE ESTILOS CINEMATOGRÁFICOS (JÚRI JOVEM PARA A 21ª MOSTRA DE TIRADENTES)

Instrutor Cleber Eduardo – SP
Data: 25 a 27 de agosto
Horário: 14h às 18h
Carga horária: 12h
Número de vagas: 30
Faixa etária 18 a 25 anos

CINECLUBES NAS ESCOLAS: EXPERIÊNCIAS E POSSIBILIDADES

Instrutora: Ana Lúcia de Faria e Azevedo – MG
Data: 26 e 27 de agosto
Horário: 09h às 13h e 14h às 18h (sábado) e 14h às 18h (domingo)
Carga horária 12h
Número de vagas: 20
Faixa etária acima de 18 anos

CINEMA QUEER – OS GESTOS DA DIREÇÃO, OS GATILHOS DA CRIAÇÃO

Instrutor: Marcelo Caetano – SP
Data: 23 de agosto
Horário: 10h às 13h e 14h à 17h
Carga horária 6h
Número de vagas: 30
Faixa etária: acima de 18 anos

CONTEÚDO AUDIOVISUAL E OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS

Instrutor: Wladimir Winter – SP
Data: 23, 24 e 25 de agosto
Horário: 14h às 18h
Carga horária: 12h
Número de vagas: 40
Faixa etária: acima de 18 anos

DA FAÍSCA DE UMA IDEIA AO ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO

Instrutor: Di Moretti – SP
Data: 23, 24 e 25 de agosto
Horário: 09h30 às 13h30
Carga horária: 12h
Número de vagas: 30
Faixa etária: acima de 18 anos

MASTERCLASS

MASTERCLASS COM PIERRE LÉON 

Instrutor: Pierre Léon – França
Data: 23 de agosto
Horário: 14h às 15h30
Carga horária: 01h30
Número de vagas: 40
Faixa etária: acima de 18 anos

 WORKSHOP

WORKSHOP INTERNACIONAL DE CINEMA DOCUMENTÁRIO

Instrutoras: Anna Glogowski (França/Brasil) e Gudula Meinzolt (Suíça)
Data: 25 de agosto
Horário: 14h às 15h30
Carga horária: 01h30
Número de vagas: 40
Faixa etária: acima de 18 anos