Cine-Expressão

Não importa o tamanho do país ou de sua população, a imagem em movimento faz parte do cotidiano das nações há mais de um século.

O patrimônio cultural das imagens é um dos eixos mais importantes da memória e da identidade sociocultural de um país – ação  estratégica e fundamental para o desenvolvimento da nação, portanto, deve integrar a vida social e política do Brasil, que reúne expressivo patrimônio audiovisual, representativo de sua cultura, história, arte e manifestações da sociedade. 

O mundo passa por transformações sociais profundas, ancoradas em conquistas tecnológicas cotidianas, transformando os meios audiovisuais nas principais formas de comunicação e expressão, um instrumento formador de opinião e de comportamento. Nos meios audiovisuais hoje incluímos o cinema, vídeo, TV, internet, jogos eletrônicos, a videoarte e os múltiplos usos da fotografia e novas mídias.

O desafio de todos os educadores contemporâneos é tornar a sala de aula tão atraente quanto o mundo fora da escola, com seus inúmeros estímulos audiovisuais. Aliar a prática dos professores com as modernas ferramentas de ensino é tarefa de todos os que se preocupam com a melhoria na aprendizagem dos nossos alunos. 

22518583636_dc1ac6b88e_o
Foto: Leo Lara/Universo Produção

Entender o audiovisual como janela sobre as relações sociais do mundo, como ferramenta multidisciplinar na sala de aula e ação complementar do projeto pedagógico é diretriz do Cine-Expressão – A Escola Vai ao Cinema, que se constitui de um programa
socioeducacional-cultural que une as linguagens educação e cultura com foco na formação do cidadão a partir da utilização
do audiovisual no processo pedagógico interdisciplinar. 

É uma iniciativa que possibilita conscientizar, sensibilizar e envolver o universo educacional no contexto do audiovisual, promovendo
encontros e debates do público estudantil de diversas comunidades e idades com as produções audiovisuais brasileiras.

Além das exibições de filmes, o Cine-Expressão promove o debate crítico e criativo de questões pedagógicas relevantes, utilizando linguagem e conteúdo cinematográficos apropriados para os diferentes níveis escolares, bem como oferece programa de capacitação para desenvolvimento e aplicação de técnicas e leitura coletiva da arte cinematográfica, com oficinas dirigidas aos educadores. Contribui, ainda, para a integração social, aproxima o universo escolar da ação cultural, fortalece vínculos e estabelece compromissos com as comunidades, além de difundir e multiplicar conhecimento.

Confira abaixo informações sobre os filmes do Cine Expressão:

AS AVENTURAS DO AVIÃO VERMELHO
Animação, Cor, Digital, 73min, RS, 2012
Direção: Frederico Pinto e José Maia 

as_aventuras_do_aviao_vermelho_div_2
Foto: Divulgação

O filme conta a história de Fernandinho, um menino de oito anos que perdeu a mãe há pouco tempo, tornando-se um garoto solitário, sem amigos e com problemas de relacionamento com o pai e na escola.Sem saber como lidar com a situação, o pai tenta conquistá-lo com presentes. Nada funciona, até que ele dá para o filho um livro de sua infância. Encantado com a história, Fernandinho decide que precisa de um avião para salvar o Capitão Tormenta – aviador personagem do livro, que está preso no Kamchatka.A bordo do Avião Vermelho e junto com seus brinquedos favoritos, Ursinho e Chocolate, que ganham a vida com sua imaginação, Fernandinho visita lugares inusitados, como a Lua e o fundo do mar, e percorre diferentes territórios – África, China, Índia, Rússia. Ao longo dessa jornada, Fernandinho descobre o prazer da leitura, a importância de ter amigos e o amor do pai.

 

Sessões:
25/10, às 8h – MIS Santa Tereza
25/10, às 14h – MIS Santa Tereza
26/10, às 14h, Sesc Palladium

Inscrições: clique aqui


O QUE QUEREMOS PARA O MUNDO?
Ficção, cor, DCP, 70min, MG, 2016
Direção: Igor Amin
Elenco: Olívia Blanc, Sofia Sgarbi, Helena Trojahn, Milena Mègre, Silvia Fuller, Sergio Leoni, Cecília Valentim, Pedro de Paula

o_que_queremos_para_o_mundo_malu_teodoro
Foto: Malu Teodoro

Um filme que conta a história de Luzia, uma menina introvertida, mas dona de um mundo interno movimentado, fértil e criativo. Quando o seu professor de música pede para a turma criar uma apresentação em grupo, Luz se vê obrigada a transmitir toda a sua criatividade e tirar suas ideias do mental para o real. Com a ajuda das amigas Sol, Bela e Lua, o trabalho escolar se transforma em uma experiência única.

Sessões:               
26/10, às 8h, Sesc Palladium
27/10, às 14h, Teatro Sesiminas 

Inscrições: clique aqui

 

 TUDO O QUE APRENDEMOS JUNTOS
Ficção, cor, DCP, 102min, SP, 2014
Direção: Sérgio Machado
Elenco: Lázaro Ramos, Hermes Baroli, Fernanda de Freitas, Sandra Corveloni, Thogun Teixeira, Graça de Andrade, Kaique de Jesus e Elzio Vieira. Participação especial: Criolo, Maestrina Marin Alsop e Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.

tudo_que_aprendemos_juntos_div
Foto: Divulgação

O filme conta a história de Laerte, um talentoso violinista que, após frustradas tentativas de integrar a Osesp, se vê obrigado a dar aulas de música para uma turma de adolescentes em uma comunidade carente de São Paulo. Entre os jovens alunos se destacam Samuel e VR, grandes amigos que trilham caminhos opostos. Nesse encontro, conhecemos histórias de coragem e transformação daqueles que se propuseram a ensinar e se entregaram para aprender.Inspirado na peça Acorda Brasil, escrita por Antônio Ermírio de Moraes a partir da experiência do Instituto Baccarelli, projeto que oferece formação musical e artística para jovens da comunidade de Heliópolis.

Sessões:
27/10, às 8h – Teatro Sesiminas

Inscrições: clique aqui